Reflexões

Sinal verde para sua autonomia

Cada vez que fizer algo certo, elogie-se

 Certo dia uma amiga disse-me que hoje, para as mulheres, saber dirigir não é um capricho como era a alguns anos atrás, é uma necessidade! A mulher de hoje é dinâmica, trabalha fora, cuida da família, cuida do seu corpo e tem uma vida social ativa.

 Mas como isso é possível, se ela não sabe ou tem medo de dirigir? Muitas vezes ela depende do marido, dos filhos e da carona dos amigos. Mesmo que essas pessoas a ajudem de coração, sempre fica aquele sentimento de dependência e incômodo.

 A liberdade de poder dirigir para onde quiser é o sonho de muitas mulheres. O que pode ajudar então essas mulheres que estão estacionadas diante do medo? 

 1. Desafie-se e perdoe-se. Consegue lembrar do primeiro dia no seu emprego? Era confuso não é mesmo? Mesmo querendo dar o seu melhor, muitas coisas não saíam como planejado. Assim também é quando queremos perder o medo de dirigir. Devemos nos desafiar a fazer pequenos trechos (seja com o instrutor, seja com um amigo caso você já tenha a carteira). 

 2. Perdoe-se quando esquecer algo ou fazer algo errado, faz parte do processo. Em vez de ficar se julgando mantenha-se calma para poder lembrar de fazer certo a próxima vez.

 Como você faria se ensinasse seu filho ou uma criança pequena a fazer algo pela primeira vez? Seria criticando e julgando ou seria ajudando-a a fazer cada vez melhor? Faça dessa mesma forma com você também. Nós costumamos ver somente nossos erros e esquecemos dos acertos.

 Tente o seguinte: cada vez que fizer algo certo, elogie-se, seja em pensamento ou em voz alta, diga o quanto você foi bem e parabenize-se por isso. Anote todas as coisas que você achava que não seria capaz que você aprendeu e leve com você. Seja fazer algo que você achava difícil no trabalho ou um desafio pessoal. Leia quando sair para dirigir e lembre-se: se você foi capaz de vencer estes desafios, você será capaz de vencer esse também! 

Outras Imagens

Comentários