Reflexões

Seguir Jesus

O pequeno grupo dos seguidores de Jesus

 O Evangelho deste Segundo Domingo do Tempo comum nos conta como iniciou o pequeno grupo dos seguidores de Jesus. Parece até que aconteceu por acaso. Dois discípulos de João estavam com ele. João “fixou o olhar em Jesus que passava e diz aos dois: Eis o Cordeiro de Deus”.

 Os discípulos não entenderam muito bem, mas “começam seguir Jesus”. Por algum tempo, caminham em silêncio. Não tinham tido nenhum contato com ele. Seguem-no sem saber exatamente o porquê, nem para quê.

 Jesus voltou-se para eles, rompe o silêncio com uma pergunta: “O que procurais?” Eles responderam com outra pergunta: “Mestre, onde vives?”

 Parece que eles não procuravam conhecer novas teorias, doutrinas. Manifestam sim o desejo de aprender de Jesus um modo diferente de viver: Onde vives e como vives? É isso que nós precisamos! Jesus lhes responde: “Vinde e vede!” Vinde conviver comigo e descobrireis a quem e como eu me dedico, com obras, atitudes e palavras.

 Esse breve diálogo manifestou o que é decisivo para um discípulo que deseja conhecê-lo. Este já é um convite para todo o cristão que deseja conhecer e com andar com Jesus.

 Em primeiro lugar é buscar, procurar, pois só “andar na vida”, como quem “vai levando a vida” não é possível encontrar-se com Jesus. Representa não entender nada sobre a vida humana e cristã, é não entender a necessidade de se ter um caminho certo de viver a vida junto com irmãos e irmãs numa dimensão de comunidade e de fé.

 É necessário um passo decisivo. Encontrar o Senhor que passa pela nossa vida. Buscar algo mais, não mais um. É buscar alguém vivo, Jesus pessoa e perceber que ele nos olha com um olhar que é convite para segui-lo, como Caminho, Vida e Verdade. É necessário conhecer melhor Jesus, comprometer-se com ele. Experimentar que sua pessoas nos faz bem, nos infunde esperança.

 O decisivo para ser cristão é tratar de viver como Ele viveu, Olhar a vida como Jesus a olhava, tratar as pessoas como ele as tratava. Confiar em Deus como Jesus confiava. Essa é a forma de continuar o grupo, a comunidade que Jesus iniciou e que nos convida a formar e continuar essa comunidade dos seguidores, discípulos e missionários de Jesus.

Outras Imagens

Comentários